terça-feira, 17 de setembro de 2013

Super Heróis que você não sabia que são plágios (parte 2)

Como a primeira parte dessa postagem foi um sucesso, resolvi fazer essa segunda. Muitas pessoas não acreditaram no que viram, ou simplesmente não quiseram aceitar que os seus maiores heróis são na verdade cópias de outros que não fizeram tanto sucesso assim. Talvez nessa segunda parte você fique até mais chocado, portanto, vamos aos fatos.

X-Men

Sabe aquele grupo de mutantes com poderes especiais que é liderado por um paraplégico? Não, eu não estou falando dos X-Men. Por incrível que pareça eu estou falando de The Doom Patrol, ou Patrulha do Destino aqui no Brasil, que estreou nos quadrinhos 3 meses antes dos famosos heróis da Marvel. A diferença básica entre os dois era que na Patrulha do Destino, os heróis eram pessoas normais que ganharam seus poderes e mutações após um acidente, sendo assim reunidos pelo paraplégico Dr. Caulder para combater o mal. Os maiores inimigos da Patrulha do Destino eram a “Irmandade do Mal”, um grupo que sofreu as mesmas mutações, mas que decidiram partir para o lado do crime por serem diferentes. Alguém aí se lembrou da “Irmandade de Mutantes” do Magneto? Talvez seja só coincidência né gente?
Não é um Sentinela!!!







Superman

Agora provavelmente vocês já estão afiando suas línguas para me xingar. “Mas como assim? O Superman é o primeiro super herói criado, não tem como ele ser plágio de outro! Agora você cometeu um terrível engano mestre Kibosta!” Mas é exatamente nesse ponto em que quero chegar! Superman pode até ter sido o primeiro herói criado, mas não o primeiro personagem com esses super poderes. Em 1930 surgia Gladiator, um romance escrito por Philip Wylie, que tinha como personagem principal Hugo Danner, um homem que devido a uma fórmula criada por seu pai, conseguiu super poderes, tais como, super força, corpo a prova de balas e a capacidade de dar saltos maiores do que prédios. (Pra quem não sabe, Superman no começo também não voava e só dava saltos enormes.) Mas as semelhanças não param por aí, Hugo Danner também foi criado em uma pequena cidade agrícola no interior dos EUA, também escondia seus super poderes com uma identidade secreta e assim como o Superman tem a Fortaleza da Solidão para seus momentos de reflexão, Hugo Danner também tinha um lugar isolado ao norte do Canadá para ficar sozinho. Ah tá, o Gladiador não tem vários filmes, revistas e milhares de dólares em mercadorias. Taí uma diferença!






 Lanterna Verde

No post passado, eu falei muito da Marvel, por isso hoje para os DCnautas não ficarem chateados, resolvi dar um tapinha na DC também. O que você me diz de um grupo de patrulheiros espaciais, que são escolhidos a partir de sua braveza e honestidade e que recebem uma arma única que só pode ser usada por uma pessoa? Claro que você pensou na Patrulha dos Lanternas Verdes, mas novamente eu te enganei, pois estou falando dos Lensmen, de 1937, três anos antes do Lanterna Verde. A diferença aqui é que os Lensmen não recebiam um anel, e sim uma Lente que lhes dava poderes telepáticos. Os criadores do Lanterna negam qualquer tipo de plágio, é claro, mas não negam uma certa “homenagem” aos criadores de Lensmen. Tá bom então!


Batman


Poxa velho! O Batman? Sério mesmo? O cruzado encapuzado não é plágio de ninguém. Quem mais se passa por um milionário mimado, mas na verdade é um herói encapuzado que se veste de preto para combater o crime? O Zorro é claro!!! Fora as semelhanças já ditas, veremos se tem mais alguma?Ambos são playboys milionários? Confere. Ambos mantém um esconderijo debaixo de suas mansões para guardar seus segredos? Confere. Ambos tem um fiel mordomo? Confere. Batman tem Alfred e Zorro tem Bernardo, mas infelizmente Bernardo é surdo mudo, coitado. Pelo menos o Zorro não chama suas coisas de Zorrocavalo, Zorrocaverna, Zorroespada... As semelhanças são tão óbvias, que a DC nem se preocupa em esconder isso dos fãs, tanto que no dia em que os pais de Bruce Wayne foram mortos, que filme eles estavam vendo no cinema? Sim, “A Marca do Zorro”. Mas isso também pode ter sido para esconder a verdade dos leitores mais novos. Tipo, “Não veja o filme do Zorro, ou seus pais serão mortos!!!!” Vai saber!





Gostou da Matéria? Para ver a primeira parte, é só clicar AQUI.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!


2 comentários:

  1. Francamente e sinceramente, não dá para acreditar como e que ainda existam pessoas que se importem, interessem e preocupem tanto assim em postar coisas contra algo e alguém, até mesmo para sair chamando os outros autores e empresas de plagiadores!

    Isso não tem nada a ver: os próprios criadores do Batman, Bob Kane e Bill Finger, por exemplo, já admitiram que haviam se baseado no Zorro como uma homenagem!

    Mas enfim, supondo que toda e qualquer semelhança entre heróis de diferentes autores e empresas seja, necessariamente e obrigatoriamente algum plágio, veja se você mesmo dá um jeito de acrescentar uma criação original minha nessa sua lista aí: o herói híbrido entre militar e máquina o Ciber-Soldado, que é uma homenagem ao Rambo e RoboCop, criados pelo romancista canadense David Morrell e pela dupla de roteiristas, escritores e produtores americanos Edward Neumeier e Michael Miner, respectivamente!

    Não se pode mais fazer gozações, homenagens e sátira ao trabalho dos outros que já se é chamado de plagiador, mas que coisa!

    Se tudo isso que você falou fosse plágio na realidade, certamente que já teriam aparecido bastantes processos judiciais a torto e reto, ou será que eu próprio já comecei a delirar quanto a isso?

    A propósito: se o Batman é plágio do Zorro, considere que o Homem de Ferro, Demolidor, Justiceiro e Cavaleiro da Lua também são, por mais que o próprio Justiceiro também seja plágio do Executioner, está bem assim?

    ResponderExcluir